Café expresso é made in Turim


Aqui em casa eu e o Fabiano somos fãs de um cafezinho. Qualquer coisa é motivo para tomarmos um expresso. E, pra minha vergonha, até a Olívia já experimentou umas colheradinhas. E como fãs de café que somos, foi bem legal saber que o café expresso foi inventado aqui em Turim.

Que o café expresso é um produto tipicamente italiano, nós já sabíamos. Só não sabíamos que havia sido criado aqui. E mais, também não sabíamos que a invenção deste tipo de café não estava associada a descoberta de um tipo de grão ou moagem, e sim à uma máquina. Pois é.

A invenção do café expresso

Angelo Moriondo foi o torinense que inventou a máquina de café expresso e é, portanto, considerado o inventor deste tipo de café.

Na máquina de Moriondo a água era aquecida até a ebulição e, através de um sistema de serpentina, alcançava o recipiente com o café torrado. Por ser num recipiente fechado, a água subia com pressão e o café era feito rapidamente. Por isso o nome café expresso.

Café expresso
Projeto da máquina de café expresso de Moriondo (fonte: http://www.wikipedia.com)

Além de mais rápido, o café da cafeteira de Moriondo, é mais concentrado e o aroma e o sabor se condensam na espuminha que se forma em cima. Assim, o café expresso ganhou o paladar dos italianos e do resto do mundo.

O inventor apresentou sua cafeteira na Exposição Geral de Turim em 1884. A rapidez e o sabor do café foram sucesso rapidamente. Em 1885, Angelo Moriondo implementou melhorias à sua cafeteira e obteve uma patente internacional.

Então, toda vez que beber um cafezinho expresso você estará experimentando algo inventado aqui em Turim. Assim como quando comer um biscoito champagne ou um grissini. Viu só como Turim é uma cidade que faz parte do dia a dia do mundo inteiro e nem nos damos conta!?

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*