Como fazer a Tessera Sanitaria: nossa experiência em Turim


Tessera Sanitaria (Cartão de Saúde Italiano)
Tessera Sanitaria (Cartão de Saúde Italiano)

Um pouco sobre o sistema de saúde italiano (Sistema Sanitario Nazionale – SSN) e a Tessera Sanitaria

Para que você possa utilizar de forma plena o sistema de saúde, fazer consultas, ser atendido em casos graves ou não tão graves, fazer exames, e outros procedimentos, você precisa estar legalmente na Itália, o que quer dizer ter sua residência registrada na Anagrafe da cidade ou autorização de permanência e a sua Tessera Sanitaria.

Aqui na Itália, o sistema de saúde é público e universal, o que quer dizer que é administrado pelo governo e não importa quem seja você, caso precise de utilizar o serviço de urgência, nenhum hospital se recusará a recebê-lo. De qualquer forma, a Tessera Sanitaria facilita as coisas.

O que é a Tessera Sanitaria?

Tessera Sanitaria (Cartão de Saúde Italiano)
Tessera Sanitaria (Cartão de Saúde Italiano)

A Tessera Sanitaria (o cartão de saúde) é o documento que comprova que você está inscrito no sistema de saúde italiano e contém os dados referentes ao seu codice fiscale e dados anagraficos (nome, sobrenome, data e local de nascimento), além dos dados da região onde a carteira foi emitida. Ela serve também como comprovante de codice fiscale, caso seja necessário. Em todos os lugares onde você for utilizar os serviços de saúde, ela será solicitada para cadastro ou registro de histórico.

Por que fui atrás da Tessera Sanitaria

Estava com alguns problemas de saúde, nada grave, mas que me incomodavam um pouco. Como não havia providenciado a Tessera Sanitaria ainda, resolvi ir a um plantão.

Os hospitais onde fui aqui atendem pelo protocolo de Manchester:

Protocolo de Triagem de Manchester
Protocolo de Triagem de Manchester. Fonte: http://www.grupovita.com.br/

Como o meu era de nenhuma urgência, eles cobrariam um ticket 20,70 €,  e eu teria que esperar algumas horas. Então fui encaminhado para um outro hospital, que poderia me atender. A triagem é bem rápida. Tudo isso por que eu não tinha a Tessera Sanitaria ainda. No outro hospital foi o mesmo problema, até que me encaminharam à um outro hospital, onde finalmente me disseram que a única forma de me ajudar seria com a Tessera Sanitaria, e que eu deveria procurar meu médico de família.

Como obter a Tessera Sanitaria

Para receber a Tessera, é preciso, antes de tudo, estar registrado como residente no Comune. Eu fiquei me enrolando, mas poderia ter resolvido isso antes. Bastar ir à ASL (Azienda Sanitaria Locale) e escolher seu médico de família. Este médico será o responsável pelo seu acompanhamento geral no sistema de saúde, e ele que determinará qual será o encaminhamento para o seu caso.

Então você receberá um comprovante que substitui a Tessera Sanitaria enquanto o cartão não chega, e você poderá utilizá-lo para o atendimento por até 30 dias. A Tessera Sanitaria chegou por correio na minha casa em uma semana.

Recebi um papel com os horários do médico e apareci lá. No meu caso, ele atende por ordem de chamada, e fui muito bem recebido. Ele então solicitou um exame, e eu marquei o horário pelo site do sistema de saúde daqui o SOVRACUP, que funciona assim: você preenche um formulário com os seus dados e os dados da impegnativa (um tipo de requisição de exame) e eles ligam para você para fazer o agendamento em um dos locais conveniados. Você escolhe o melhor horário e lugar e voilà, é só aparecer lá, pagar o exame caso haja algum ticket e fazer a coleta.

Ao levar os resultados ao médico, ele me deu o tratamento e fui liberado. Tudo (fora o exame que custo 8 €) foi gratuito e me encaminhou pra o especialista.

O especialista já foi um pouco mais caro, 26,70 €. Recebi mais algumas requisições para providenciar mais exames e devo terminar a função ainda este mês.

Resumo da ópera? Fez a residência e já corre fazer a Tessera Sanitaria. 😀

1 Comentário

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*