3 Superstições de Turim, a Cidade Mágica

Superstições de Torino

Depois de quase 2 meses em Turim, já posso dizer que estou começando a me ambientar e a conhecer, de fato, os costumes locais. Turim é uma cidade envolta em misticismo e histórias ligadas a magia e superstições. E este artigo é exatamente sobre isso: as 3 mais conhecidas superstições de Turim.

Esfregar o dedo mínimo (mindinho ou minguinho) da estátua de Cristóvão Colombo da Piazza Castelo

Superstições de Torino

Bem no Centro da cidade, quase em frente ao Palazzo Madama, na Piazza Castelo, tem um busto de Cristóvão Colombo em homenagem à descoberta da América. A tradição local diz que esfregar o dedinho de Colombo traz sorte e todo mundo que por ali passa dá a sua esfregadinha.

Pisar com o pé direito nas partes íntimas do touro em frente ao Caffè Torino na Piazza San Carlo

Embaixo das arcadas da Piazza San Carlo, na frente da porta do Caffè Torino tem, no chão, um touro em bronze e a superstição diz que para ter sorte o passante deve pisar com o pé direito nos testículos do touro. Mais uma vez, todo mundo que passa por ali, dá um jeito de pisar nas bolinhas do pobre tourinho.

Não subir ao topo da Mole Antonelliana antes de se formar na universidade

O prédio simbolo de Turim é a Mole Antonelliana, onde fica o Museu do Cinema. Reza a lenda que se um estudante universitário subir até o topo da Mole antes de se formar, esquece, adeus formatura, ele nunca vai se laurear. Ah, aqui na Itália, quando o estudante termina a universidade ele é laureado e recebe uma coroa de louros, é bem bonita a tradição.

Essas são as 3 principais superstições de Turim. As duas primeiras eu fiz e a última, por motivos óbvios, não é um problema para mim já que não sou uma universitária. E a vista do topo da Mole Antonelliana é uma das mais belas de Turim.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*