Talvez você já tenha se perguntado porque um carro americano dos anos 70 foi batizado como nome cidade de Torino. Eu me fiz essa pergunta quando assisti o filme com Clint Eastwood, Gran Torino.

Clique aqui para reservar seu hotel em Turim.

A história do Gran Torino

Para entender essa história é preciso voltar a 1968, quando os operários e dirigentes da Ford em Detroit quiseram homenagear a capital do Piemonte.

E essa homenagem tem um motivo justíssimo.

Turim foi uma das responsáveis pelo boom econômico da Itália pós guerra.

Fábrica da FIAT em Mirafiori, Turim (fonte: wikipedia)

Localizada a milhares de quilômetros de Detroit, do outro lado do oceano, Turim era, na época, uma cidade industrial responsável pelo boom econômico da Itália, pós 2ª Guerra Mundial.

A cidade era sede da Fiat e da Lancia, duas marcas de automóveis muito conhecidas à época pelos americanos, que viam Torino como a Detroit italiana, ou seja, o centro automobilístico do país.

Naqueles anos pós guerra, a fábrica da FIAT, em Mirafiori (bairro da cidade) trabalhava a todo vapor, produzindo automóveis como o jovem 500, empregando milhares de pessoas e trazendo esperança para os italianos de norte a sul do país de dias melhores, depois de todo o sofrimento e miséria impostos pela guerra.

Poderia ser por causa da beleza da cidade, mas essa homenagem foi em função da importância que a capital do Piemonte teve para o desenvolvimento da Itália e da indústria automobilística mundial.

O Gran Torino foi um carro icônico

Toda essa força produtiva e os resultados causados pelo crescimento da FIAT, faziam com que os americanos da FORD nutrissem uma admiração e identificação pela cidade italiana. E por isso, não tiveram dúvidas ao batizar o novo carro de sua produção com o nome da cidade: Gran Torino.

O Gran Torino foi um carro icônico, produzido pela FORD entre 1969 e 1976. Tão icônico que protagonizou mais de uma produção cinematográfica como o já citado Gran Torino e Velozes e Furiosos.

E então, gostaram de conhecer mais essa curiosidade sobre a cidade de Turim?! Se quiserem conhecer mais alguma curiosidade daqui, neste post eu conto a história do café expresso, que é made in Turim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.