O Museu Nacional do Cinema e a Mole Antonelliana


Museu Nacional do Cinema
Mole Antoneliana onde funciona o Museu Nacional do Cinema

Toda cidade tem um edifício ou monumento símbolo. Paris tem a Torre Eiffel, New York o Empire States, Roma o Coliseu e Turim tem a Mole Antonelliana. E na Mole Antonelliana, desde 2000, funciona o Museu Nacional do Cinema, que é um dos museus mais importantes e visitados da Itália.

Nós demoramos um pouquinho para visitar a Mole e o Museu Nacional do Cinema, pois estávamos esperando um dia de sol, para poder aproveitar a vista do topo da Mole, que é maravilhosa. Este é um dos passeios imperdíveis em Turim, para todas as idades. Para quem vem com criança para a Itália, o Museu Nacional do Cinema é diversão garantida, além de ser family and kids friendly.

A Mole Antonelliana

Museu Nacional do Cinema
Mole Antonelliana onde funciona o Museu Nacional do Cinema

Mole é a palavra, em italiano, para designar edifícios imponentes. Antonelliana é em homenagem ao arquiteto Alessandro Antonelli, que projetou o edifício símbolo da cidade. Com 167 metros de altura, a Mole já foi o edifício em alvenaria mais alto da Europa.

A Mole foi projetada, inicialmente para ser uma sinagoga. Em 1863 a comunidade hebraica de Turim contratou Antonelli para construir seu templo, porém após 6 anos a obra foi paralisada por falta de recursos financeiros. Em 1873, a prefeitura de Turim firmou um acordo com a comunidade hebraica, assumindo o término da obra em troca de um terreno para a construção da sinagoga. Assim, a obra foi concluída em 1897, após a morte de Alessandro Antonelli.

Em virtude da magnitude do prédio e também de instabilidades do terreno (e dois tornados), a Mole passou por algumas alterações para se manter em pé. Nas décadas de 1960 a 1990 o edifício era usado como mirante, já que existe um elevador que vai até o topo e tem uma vista fantástica da cidade. Nos anos 1990 o prédio foi fechado para reformas e modernização do elevador e a partir de 2000 passou a abrigar o Museu Nacional do Cinema.

O Museu Nacional do Cinema

Ao chegar na frente da Mole Antonelliana, existem 2 entradas: uma com fila e outra sem. A entrada sem fila é para quem deseja visitar apenas o Museu e a outra é para visitar o Museu e o topo da Mole. Aconselhamos a escolher a segunda opção, pois a vista do topo é de perder o fôlego (a subida no elevador panorâmico também).

Como eu disse no início deste artigo, o Museu Nacional do Cinema é uma ótima opção para quem está com crianças. Fiquei muito feliz quando, ainda na fila de entrada, vi a placa de “Museo Family and Kids Friendly”.  Só quem faz turismo com crianças pequenas ou bebês sabe o quanto é acolhedor esse tipo de lugar.

A primeira parte do Museu Nacional do Cinema conta a história do cinema e é super interativa. Estão expostos cinematógrafos, cinescópios e todos os tipos de engenhocas para reprodução de filmes (ou fotografias e teatrinhos) dos primórdios do cinema e é possível interagir com a exposição. Além de ser super interessante e divertido, ainda é uma verdadeira aula de ótica.

A segunda parte é uma exposição de objetos originais do cinema mundial e é cheio de referências, além de vários pontos interativos, onde se pode brincar de fazer uma cena de um filme (que fica passando nas tevês do local). Além disso, a cenografia é super bem feita há a reprodução de cenários, onde você realmente se sente num set de filmagem. A última parte é uma exposição de posters de cinema de todo o mundo, e para quem gosta do assunto, é um prato cheio.

No fim do percurso há um espaço família, com banheiros e trocadores, que como eu disse é essencial para quem faz turismo com crianças pequenas e bebês. Tem também um café da rede Eataly, com comidinhas e produtos típicos da rede, além da loja de souvenir.

Topo da Mole Antonelliana

Eu falei ali em cima que aconselhava a todos a comprar o ingresso de visita ao Museu Nacional do Cinema com a subida ao topo da Mole no elevador panorâmico, justamente porque a vista ali é uma das mais bonitas que já vi na minha vida. Não vou falar muito pois, aqui cabe um clichê, imagens vale muito mais do que palavras!

Mole Antonelliana e Museu Nacional do Cinema

Quer fazer uma visita guiada ao Museu Nacional do Cinema e ao topo da Mole Antonelliana? Tour Guiado ao Museu Nacional do Cinema com elevador panorâmico.

Informações Práticas sobre o Museu Nacional do Cinema e a Mole Antonelliana:

Museu Nacional do Cinema

Endereço: Via Montebello, 20, Torino

site: http://www.museocinema.it

Horário:

Segunda, Quarta, Quinta, Sexta, Domingo: 9:00 às 20:00

Sábado: 9:00 às 23:00

Fechado nas Terças-Feiras.

Última entrada 1 hora antes de fechar.

Preços:

Museu:

Ingresso Inteiro: € 10,00

Ingresso Reduzido ( estudante universitário até 26 anos, maiores de 65 anos):  € 8,00

Ingresso para crianças e jovens e escola (6 a 18 anos): € 3,00

Crianças até 5 anos não pagam ingresso.

Elevador Panorâmico:

Ingresso Inteiro: € 7,00

Ingresso Reduzido ( Crianças e Jovens de 6 a 18 anos, estudante universitário até 26 anos, maiores de 65 anos, Torino + Piemonte Card ):  € 5,00

Crianças até 5 anos não pagam ingresso.

Museu + elevador Panorâmico:

Ingresso Inteiro: € 14,00

Ingresso Reduzido ( estudante universitário até 26 anos, maiores de 65 anos):  € 11,00

Ingresso para crianças e jovens e escola (6 a 18 anos): € 8,00

Crianças até 5 anos não pagam ingresso.

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Roteiro de 1 dia em Turim – In Turim
  2. Vistas de Turim: Onde ir para ver a cidade de cima – InTurim

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*