O que é preciso para viajar para Turim (e para a Itália)- Documentos e informações úteis


Viajar para Turim

Com a proximidade das férias (e da alta temporada na Europa), muita gente já está programando sua próxima viagem. E uma parte mega importante da programação de uma viagem é saber qual a documentação necessária providenciar para não ter nenhum problema.

Agora que eu já revelei qual é a melhor época para visitar, neste artigo vou contar para vocês tudo o que é preciso para viajar para Turim (e para Itália) e dar algumas dicas bem úteis.

O que é preciso para viajar para Turim

Além da vontade e do dinheiro, para viajar para Turim (e para a Itália) é preciso providenciar alguns documentos e comprovantes para não correr o risco de ser barrado na imigração.

Apesar de nós brasileiros não necessitarmos de um visto para visitar, por até 90 dia, a Itália (ou qualquer país que pertença ao Espaço Schengen), a polícia de fronteira/imigração pode nos pedir para comprovarmos alguns requisitos para carimbar nosso passaporte e nos dar as voas vindas ao espaço europeu.

Documentação necessária para viajar para Turim

  • Passaporte com, no mínimo, 3 meses de validade além da estadia;
  • Comprovação de que possui recursos financeiros para se manter durante o período de estadia. Essa comprovação pode ser feita em dinheiro em espécie, cartão de crédito internacional, cartão pré-pago, etc;
  • Comprovação de hospedagem idônea: reserva de hotel ou carta convite assinada por quem vai te hospedar em Turim. Ah, e quem assina a carta convite deve ser residente legalmente na Itália ou ser italiano. Clique aqui para reservar seu hotel em Turim.
  • Seguro saúde, no valor de 30 mil euros. Para comprar um seguro viagem, com o melhor preço, clique aqui;
  • Passagem de volta, que é a forma de comprovar que você vai voltar para o seu país e que a sua viagem é, de fato, a turismo.

Como é a imigração para viajar para Turim

O agente da imigração poderá pedir outros documentos e fazer inúmeras questões sobre a sua viagem. As perguntas mais frequentes são:

  • O que você vai visitar?
  • Quantos dias vai ficar?
  • Onde vai ficar?
  • É a primeira vez que você vem pra cá?
  • Qual o motivo da sua viagem?
  • Quanto você tem de dinheiro?

A minha dica para passar tranquilo pela imigração na Itália (e em outros países do Espaço Schengen) é possuir todos os comprovantes que eu listei ali em cima e sempre falar a verdade.

Então, leve os comprovantes numa pastinha em sua bagagem de mão e se te solicitarem qualquer coisa seja honesto e mostre o comprovante. Te garanto que assim você não vai passar perrengue quando for viajar viagem para Turim.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*