Turim, Turin ou Torino


Turim

 

Turim

Em italiano, o nome da cidade é Torino e em piemontês (dialeto da região do Piemonte) é Turin, que originou o Turim, com M, em português.

Turim é uma cidade com mais de 2 mil anos (sim, é uma senhorinha de muito respeito). Nascida no século III a.c., era povoada pelos taurini, que eram celtas, até se tornar colonia Romana no século I a.c., quando passou a ser conhecida como Iulia Augusta Taurinorum. Na idade média, passou a ser um importante ducado e por fim, no século XI, passa para o domínio da Casa de Savóia (Sabóia, em português). É como sede da Casa de Savóia, que torna-se a capital do Reino da Sardenha, sob o governo de Vittorio Amedeo II, em 1720. Por fim, em 1861, é declarada a primeira capital da Itália unificada (Reino da Itália), uma vez que o movimento de unificação Italiana nasce por essas bandas e o Rei da Itália unificada foi Vittorio Emmanuelle II, chefe da casa de Savoia. Foi a capital do Reino até 1865, ano em que Firenze foi elevada a capital e por fim, em 1871, definiu-se Roma como a capital definitiva da nação unificada.

Turim é capital da região do Piemonte. Localiza-se no noroeste da Itália, na planície do Rio Pó, cercada a oeste pelos Alpes e a leste pelos montes Monferrato. Em termos populacionais, é a quarta maior cidade do país, estando atrás apenas de Roma, Milão e Nápoles, com quase 1 milhão de habitantes.
Turim é a cidade natal da FIAT (Fabricca Italiana Automobili Torino). A RAI, emissora de tv e rádio Italiana, também nasceu em Turim. Outras marcas conhecidas que são de Turim são a Martini e Kappa.

A cidade abriga dois times de futebol: a Juventus e a Torino. Ambos os clubes possuem seus próprios estádios.

Torino também possui universidades, como por exemplo o Politécnico de Torino. Em virtude da história industrial da cidade e da concentração de fábricas de automóveis no entorno metropolitano, é um importante centro de design automobilístico e industrial.

Uma cidade grande, bonita e bem organizada, com um passado esplendoroso. Possui diversos museus, como o Museu Egípcio, o Museu do Rissurgimento Italiano e o Museu do Cinema. Inclusive, o Museu do Cinema fica no edifício símbolo da cidade: a Mole Antoneliana. É também uma cidade muito arborizada e com diversos parques e praças.

Aos poucos estou descobrindo esse novo lugar que é agora o nosso lar.

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*